MAIS

    O que fazer enquanto você ainda não tem ou está (re)fazendo o site

    - Anúncio -
    - Anúncio -

    Primeiramente, é importante ressaltar que apenas reformular o site não vai resolver todos problemas estratégicos que sua empresa tem em Marketing Digital, nem tem garantias de contribuir para um real aumento da geração de oportunidades de negócio.

    Ou seja, não faz sentido deixar para trabalhar o Inbound Marketing só depois que a reformulação do site estiver concluída. Há várias melhorias que sua empresa pode começar a implantar imediatamente para garantir seu posicionamento efetivo no meio digital e a conquista de
    novos clientes Inbound.

    Além disso, sabemos que fazer um site muitas vezes pode ser um processo demorado. Dependendo do fornecedor, da metodologia utilizada no desenvolvimento e da complexidade do projeto, são investidos alguns meses até ter o site no ar.

    Mas isso não deve impedir sua empresa de começar a gerar resultados. Por exemplo, a Resultados Digitais, antes mesmo de ter um site ou um produto, já tinha um blog com conteúdo sendo postado regularmente e, quando lançou o site, já tinha uma base relevante de Leads que seriam potenciais compradores do RD Station.

    Nos próximos capítulos, você verá algumas das estratégias que podem ser aplicadas em paralelo ao desenvolvimento de um site.

    Criar um blog

    Mais rápido, mais simples, mais barato. O blog é uma ótima opção para atrair os visitantes e tornar sua empresa uma autoridade no seu ramo de atuação.

    A oferta de conteúdos relevantes para o público o fará ser encontrado na internet e se tornar uma referência no tema. Enquanto o site mantém informações mais estáticas sobre a empresa e seus produtos, o blog deve estar constantemente oferecendo conteúdos interessantes para o público e atraindo esse tráfego.

    Além disso, esse conteúdo, determinante na experiência do usuário com a empresa, poderá ser aproveitado nas mídias sociais e em fluxos de automação, além de ser
    um ativo constante de geração de visitas para o site – posts publicados anos atrás podem continuar sendo fonte de muitas visitas.

    Por isso, enquanto o site está em desenvolvimento, coloque o blog no ar. E não esqueça: cada post deve estar relacionado com algum problema enfrentado por seu público-alvo.

    Gerar Leads em Landing Pages

    Atrair tráfego e se tornar uma autoridade no mercado é essencial, mas você pode ir além.

    Mesmo sem estar com o site no ar, é possível gerar Leads e ir construindo um ativo de contatos que poderão ser futuramente oportunidades de novos negócios para sua empresa.

    Isso pode ser feito com a criação de Landing Pages, páginas que oferecem algum conteúdo para o público em troca de informações como nome, email, cidade, cargo que ocupa etc.

    Com essas informações em mãos, você consegue iniciar um relacionamento através da Automação de Marketing e fazer o Lead avançar na jornada de compra.

    Em geral, essas páginas de conversão são fáceis de serem criadas. Outra vantagem é que existem diversas ferramentas, como o RD Station, que já possuem modelos prontos de Landing Pages para diferentes objetivos.

    E o que oferecer nessas Landing Pages? No eBook Gerar Leads sem dor de cabeça, nós damos diversos exemplos de conteúdos que podem ser feitos com pouco esforço, utilizando materiais que provavelmente sua empresa já possui.

    Estar presente nas mídias sociais

    Hoje em dia, a empresa que não estiver presente nas mídias sociais perde a oportunidade de usar esses canais para alguns objetivos importantes: relacionamento com o público, coleta de feedback e geração de tráfego para outras páginas de interesse da empresa.

    Todos sabemos que as mídias sociais são lugares de relacionamento, onde sua empresa tem a chance de alcançar o público presente ali, oferecer conteúdos relevantes para eles e abrir um canal para a conversa.

    É essencial ouvir o que as pessoas estão dizendo para entender o que elas estão falando sobre a marca e colher feedbacks para melhorias (o monitoramento desses canais ajuda muito nisso).

    Tenha em mente que elas também podem ser fontes de tráfego para Landing Pages, posts no blog e, caso tenha, o próprio site. Oferecer conteúdos relevantes é uma ótima isca para direcionar o público para esses destinos.

    Enviar campanhas de email

    Como dissemos acima, é preciso gerar Leads para depois se relacionar com eles e encaminhá-los para mais perto do momento de comprar seu produto ou serviço. E, além da Automação de Marketing, uma das melhores maneiras de fazer isso é via Email Marketing.

    Sendo assim. os dois modelos mais básicos de email que você pode utilizar no seu negócio são:

    Email promocional

    Neste modelo, você pode enviar novos conteúdos para sua base de forma segmentada. Uma prática comum é divulgar as Landing Pages criadas para pessoas que possam ter interesse no tema (direcionar a campanha às personas).

    Newsletter

    Trata-se de um email periódico com o qual você distribui diferentes conteúdos de uma só vez. É comum fazer um compilado de posts do blog, materiais ricos, estudos de caso e outros conteúdos relevantes publicados durante o período.

    O envio de emails também pode ser usado para ativar contatos obtidos offline, como em eventos. Puxar esse relacionamento para o meio online facilita o avanço dessas pessoas na jornada de compra e ajuda sua empresa a se tornar referência no mercado.

    Resumindo

    Existem diversas estratégias no Marketing Digital que podem ser aplicadas antes mesmo de ter um site no ar. A grande vantagem de iniciar cedo é começar a gerar resultados e criar um ativo que mais tarde trará resultados bastante relevantes para seu negócio.

    - Anúncio -

    Artigos recentes

    Continue lendo

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Stay on op - Ge the daily news in your inbox